Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

quinta-feira , 16 setembro 2021
Home / Destaque / Irmãos entregam cactos para profissionais COVID-19

Powered by free wordpress themes

Irmãos entregam cactos para profissionais COVID-19

O Coronavírus trouxe à tona os mais diversos sentimentos. A doença impactou diretamente muitas pessoas. E, no meio dessa mistura de emoções, o que mais aprendemos foi o poder da solidariedade, mesmo durante o luto. Ressignificar dores, colocando o outro acima de nós mesmos.

Os irmãos Teixeira entregaram cactos para os profissionais da linha de frente da pandemia da Santa Casa de Votuporanga. Foi a maneira que Eber Mariano Teixeira; Eder Mariano Teixeira e Wander Teixeira de Carvalho Neto encontraram de agradecer pelo atendimento de seus pais, Antenor e Eunice.

Os dois foram hospitalizados em fevereiro, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) COVID-19. “Nossa mãe deu entrada no dia 10 de fevereiro, vindo falecer no dia 3 de março. Já nosso pai internou no dia 19 de fevereiro, mas infelizmente faleceu no dia 22 de março”, contou Wander.

Na mesma época, Eber também contraiu a patologia, precisando de cuidados hospitalares. Ele foi atendido em Fernandópolis, precisando inclusive de intubação, mas se recuperou.

Mesmo com a tristeza de perder os pais, os irmãos fizeram questão de agradecer a equipe da Instituição. “Queríamos agradecer de alguma maneira os profissionais da Santa Casa que, desde o primeiro contato com nossos pais, nos primeiros atendimentos, foram muito atenciosos, conversando, fazendo amizade, dando muita força através de palavras positivas”, complementou.

Wander lembrou de um episódio que o marcou. “Quando nossa mãe ficou sabendo que iria precisar de transferência, saindo da Santa Casa de General Salgado para alguma unidade referência em COVID da região, ela, sabendo da possiblidade que poderia sair a vaga para outras cidades disse: “Só vou se for para Votuporanga”. Isso, porque já havia sido atendida na unidade para pessoas com sintomas respiratórios uns 2 dias antes, e devido ao tratamento recebido, queria ir para o Hospital. Isso nos marcou, e depois do falecimento de ambos, tínhamos a ideia de agradecer pessoalmente pelo trabalho prestado, com muita humanidade e respeito por nossos pais em um muito momento muito delicado”, destacou.

O provedor da Santa Casa de Votuporanga, Luiz Fernando Góes Liévana, ressaltou a solidariedade dos irmãos. “Nos faltam palavras por essa demonstração de força e de empatia. Dona Eunice e seu Antenor foram nossos pacientes e, infelizmente, faleceram. Mesmo assim, os filhos reconheceram todo o esforço e dedicação de nossos colaboradores, emocionando a todos. Nosso muito obrigado e recebam nossos mais sinceros sentimentos pela perda”, finalizou.

Fonte: Santa Casa de Votuporanga

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Novas regras para corte e remoção de árvores entram em vigor em Votuporanga

A Câmara de Vereadores de Votuporanga aprovou na sessão de quarta-feira (8/9), a nova redação …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × cinco =