Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

terça-feira , 3 agosto 2021
Home / Últimas Notícias / Vereador atacado por pitbull que escapou de casa diz que viveu momentos de terror: ‘Veio em cima e foi mordendo’

Powered by free wordpress themes

Vereador atacado por pitbull que escapou de casa diz que viveu momentos de terror: ‘Veio em cima e foi mordendo’

O vereador Israel Ribeiro da Silva, de 49 anos e que uma das três vítimas atacadas por um cachorro da raça pitbull em Luiziânia (SP), afirmou que viveu momentos de terror enquanto era mordido pelo animal.

O caso foi registrado na manhã de quarta-feira (16). Além de Israel, o cão atacou os aposentados Ismael Alves Ferreira, de 64 anos, e Altino Francisco de Oliveira, de 76 anos. Um policial militar de folga viu o ataque e atirou contra o cachorro, que morreu baleado.

“Ele veio em cima, fui me defendendo e foi mordendo. Foi um momento de terror para mim’”, disse Israel, que é motorista de ambulância e vereador de Luiziânia.

De acordo com a Polícia Militar, o animal escapou do quintal de uma casa, enquanto a tutora não estava, e avançou primeiro contra Altino de Oliveira. Ismael Ferreira saiu para ver o que estava acontecendo e decidiu ajudar Altino, mas também acabou sendo atacado pelo cachorro.

“Quando levei a mão para tentar puxar, ele avançou e largou o Altino. Aí eu fiquei lutando até conseguir abrir o portão e colocá-lo para dentro”, disse Ismael.

Altino e Ismael foram socorridos por Israel e levados de ambulância ao pronto-socorro de Luiziânia, onde receberam atendimento médico.

Em seguida, Israel voltou para o bairro e também foi atacado enquanto tentava usar uma caixa para impedir que o animal saísse pelo portão da casa novamente.

Ajuda

O cabo da Polícia Militar Wender Marson diz que escutou os gritos de socorros de um dos moradores e efetuou um disparo de arma de fogo contra o cão.

“Vi o cachorro mordendo a vítima. Aí eu corri para dentro de casa, peguei minha arma e vim ao encontro da vítima e do cachorro. Infelizmente não teve outra saída a não ser efetuar o disparo contra o animal”, afirmou o Wender.

As três vítimas tiveram alta logo depois de receberem atendimento médico no pronto-socorro. A tutora do animal será investigada em liberdade por deixar o cão escapar.

Fonte: G1

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Motorista que atropelou e matou adolescente teve CNH cassada por excesso de multas, diz polícia

O motorista suspeito de matar atropelado o adolescente Matheus Soares Abreu, de 17 anos, em Novo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 13 =