Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

terça-feira , 26 janeiro 2021
Home / Últimas Notícias / Trem carregado com açúcar descarrila e assusta moradores no centro de Catanduva

Powered by free wordpress themes

Trem carregado com açúcar descarrila e assusta moradores no centro de Catanduva

Catanduva – Dois vagões de um trem carregado com açúcar descarrilaram na manhã desta sexta-feira (16) no Centro de Catanduva (SP). Ninguém ficou ferido. Toda a carga ficou espalhada pelo chão.
O trem saiu de Fernandópolis (SP) e ia para o Porto de Santos com 77 vagões carregados com açúcar, quando perto em uma passagem de nível no bairro São Franciso descarrilou e assustou os moradores. Foi preciso maçarico para cortar os trilhos e remover os destroços.
A concessionária que administra a linha férrea, Rumo, disse por meio de nota que vai investigar as causas do acidente. O trânsito ficou bloqueado na rua Florianópolis e motoristas precisaram desviar para rotas alternativas.
Em novembro de 2014, teve um acidente parecido no mesmo trecho. Na época, 12 vagões carregados com milho e soja descarrilaram e derrubaram o muro de uma escola no bairro São Francisco.
Linha férrea
Em abril, o prefeito de Catanduva, Afonso Macchione Neto, esteve na sede estadual do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e conversou com o superintendente regional Roberto Menezes Ravagnani sobre o andamento do projeto do novo traçado da linha férrea no trecho urbano da cidade.
O Dnit informou, segundo a prefeitura, que os projetos ambientais são preparados pela equipe do Dnit e, em alguns meses, serão submetidos à aprovação. De acordo com a prefeitura, o primeiro passo para uma possível retirada dos trilhos da área central foi dado em 2009, quando a prefeitura apresentou um estudo de viabilidade técnica e econômica ao Ministério dos Transportes. A aprovação foi dada no ano seguinte. (G1)

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Polícia Federal investiga ‘fura fila’ na vacinação

Após receber denúncias sobre possíveis descumprimentos aos critérios de prioridade à vacinação COVID-19, determinados pelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 − 1 =