Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

domingo , 17 janeiro 2021
Home / Destaque / Saúde – Mais de 14,6 mil imóveis são vistoriados em Mutirão Contra o Aedes

Powered by free wordpress themes

Saúde – Mais de 14,6 mil imóveis são vistoriados em Mutirão Contra o Aedes

Votuporanga – A prevenção ainda é a ação mais eficaz para se combater as arboviroses, doenças causadas pelo Aedes Aegypti, como a dengue, zika, chikungunya e febre amarela. Deste modo, desde o mês de janeiro, a Prefeitura de Votuporanga por meio da Secretaria da Saúde cumpre um calendário de estratégias para o controle do vetor, com visitas e orientações aos moradores.

O Mutirão “Todos Contra o Aedes” é uma idealização do governo do Estado que ocorre quinzenalmente, aos sábados, e até agora percorreu 14.654 mil imóveis, como casas, estabelecimentos e terrenos baldios. Esta ação segue até o início de abril e pretende contemplar o maior número possível de bairros.

A Secretaria Municipal da Saúde reúne a cada ação 100 funcionários entre supervisores, agentes de saúde e de endemias, que se mantêm empenhados nesta força-tarefa. O objetivo da equipe é orientar a população sobre a eliminação dos focos do mosquito, além de sensibilizá-la quanto aos riscos de transmissão das arboviroses.

O Mutirão mobiliza também servidores das Secretarias de Assistência Social; Trânsito, Transporte e Segurança; Cidade; Educação; Obras e Superintendência de Água, Esgoto e Meio Ambiente (Saev Ambiental).

Identificação

Em casos de dúvida sobre a identidade das equipes que atuam nesta ação, o morador poderá solicitar o documento pessoal e ligar para o 0800-770-9786 para comprovar a participação do funcionário na ação. Todos os agentes recrutados no mutirão são obrigados a portar documento pessoal e apresentá-lo ao morador, se solicitado.

Voluntários

Neste sábado (25/3) a ação contará com o apoio de voluntários da igreja Universal e da Associação de Moradores dos bairros Sonho Meu e Palmeiras. Das 13h às 16h, a equipe percorrerá alguns pontos da zona sul da cidade para orientar os moradores sobre a problemática causada pelas arboviroses.

Em Votuporanga, 14 casos de dengue foram registrados neste ano. Um caso de zika e outro de chikungunya também foram contabilizados. Não houve notificação de febre amarela.

Prevenção

A melhor forma de se evitar a proliferação do Aedes é combater os focos com acúmulo de água, ambientes propícios para a infestação do vetor. Por isso, não se deve deixar água parada em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Votuporanga sedia Fórum Regional para discutir sobre Educação

Representantes de 65 municípios da região estiveram reunidos em Votuporanga, na quarta-feira (13/1), para discutir …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 3 =