Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

segunda-feira , 25 outubro 2021
Home / Polícia / Trabalhador de 47 anos morre soterrado por soja em silo graneleiro

Powered by free wordpress themes

Trabalhador de 47 anos morre soterrado por soja em silo graneleiro

Bady Bassitt – Um homem morreu enquanto trabalhava em um silo em uma granja em Bady Bassitt (SP) na manhã desta segunda-feira (20). A vítima tinha 47 anos e morreu na hora, segundo informações do Corpo de Bombeiros.

De acordo com os bombeiros, o funcionário foi até um silo, carregado com farelo de soja, para verificar um problema com escoamento do produto. Ao abrir uma portinhola, o farelo acabou cedendo e atingiu o funcionário.

A primeira informação dos bombeiros era de que o produto era milho, mas a empresa confirmou que era um silo de farelo de soja no início da tarde.

Segundo os bombeiros, a equipe teve trabalho para retirar a vítima do local, já que a quantidade de farelo que caiu sobre ele era muito grande. Os bombeiros precisaram escoar o produto para retirar o corpo. A perícia técnica da polícia esteve no local para tentar identificar o que aconteceu.

Em nota, a Granja Barufi lamentou a morte do funcionário. A empresa disse que a vítima estava há 28 anos na área. No momento do acidente, a granja disse que quatro colaboradores estavam no local e todos usavam os equipamentos de proteção individual. Os outros três funcionários nada sofreram. A empresa diz que se solidariza com a família e informa que está prestando todo o suporte necessário.

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Pai que atingiu cabeça de recém-nascida com panela é preso em Urânia

O homem de 44 anos que atingiu a cabeça da filha recém-nascida com uma panela foi preso …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 2 =