Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

terça-feira , 30 novembro 2021
Home / Polícia / Três são presos por participar de estupro coletivo em Paulo de Faria

Powered by free wordpress themes

Três são presos por participar de estupro coletivo em Paulo de Faria

Paulo de Faria – Três pessoas condenadas em um caso de estupro coletivo contra dois menores que chocou a cidade de Paulo de Faria (SP), em 2009, foram presas nesta quinta-feira (16). Dos três presos, duas mulheres foram levadas para a cadeia de Nhandeara (SP) e um homem para Catanduva (SP).

De acordo com o inquérito, foram investigados ao todo nove adolescentes e oito adultos. Dos maiores de idade, seis foram condenados e os outros dois foram absolvidos.

Segundo o delegado que investiga o caso, Wander Luciano Soguam, os suspeitos foram presos em suas casas, em Paulo de Faria, e outras três pessoas estão com a prisão decretada. Elas são considerados foragidas.

Os seis foram condenados em primeira instância em Paulo de Faria, recorreram ao Tribunal de Justiça e depois em Brasília. Mas, a Justiça acatou a decisão da primeira instância. A sentença saiu no final do ano passado.

O caso
Segundo o Ministério Público, o estupro coletivo foi feito por oito adultos e nove adolescentes em duas vítimas, uma menina que na época tinha 13 anos e um menino de 11 anos.

Tudo aconteceu em um clube de Paulo de Faria, no fim de uma festa. Três jovens teriam levado as duas vítimas para dentro de um galpão para namorar. Quando entraram no local, outras 14 pessoas já estavam lá à espera das vítimas que foram abusadas. Os menores envolvidos foram julgados ainda na época pela Vara da Infância e Juventude.

Segundo o promotor, os menores contaram que foram obrigados a fazer sexo oral nos rapazes, enquanto duas garotas filmavam a cena. As imagens não foram encontradas. As vítimas disseram que os acusados esfregaram os órgãos íntimos em seus corpos. A perícia constatou ferimentos na genitália dela. O menor teve um dos braços quebrado pelos criminosos.

Ainda segundo o relato dos dois adolescentes, eles foram ameaçados para não delatar o caso, mas a mãe da menina estranhou seus ferimentos e a pressionou. Depois de ouvir o relato, procurou a polícia.

 

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Motorista fica ferida após cair com picape dentro de córrego em Birigui

Uma jovem ficou ferida após cair com a picape que dirigia dentro de um córrego, …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três − 3 =