Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

sábado , 23 janeiro 2021
Home / Cidades / Febre amarela mata segundo macaco em Rio Preto em cinco meses

Powered by free wordpress themes

Febre amarela mata segundo macaco em Rio Preto em cinco meses

São José do Rio Preto – A cidade registrou mais uma morte de macaco por causa da febre amarela. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde na sexta-feira (10). Exames feitos pelo Instituto Adolfo Lutz confirmaram a causa da morte.

Este é o segundo animal encontrado no município, do ano passado até agora, infectado com o vírus. Segundo informações da Secretaria de Saúde, o animal foi recolhido no dia 23 de janeiro em um loteamento em Engenheiro Schmidt, distrito de Rio Preto. As ações de bloqueio contra o mosquito transmissor já foram feitas na época em que o macaco foi encontrado morto e neste sábado (11) foram reforçadas.

A Secretaria de Saúde afirma que os estoques atuais de vacina contra a febre amarela em Rio Preto são suficientes para atender a população. “Mais de 27 mil pessoas já foram vacinadas só neste ano e temos mais 25 mil vacinas em estoque. Não teremos falta de vacina de febre amarela em Rio Preto”, afirma o secretário Eleuses Paiva.

Outro macaco
Um laudo do Instituto Adolfo Lutz de São Paulo confirmou no dia 14 de setembro a morte por febre amarela de um macaco bugio encontrado na Estância Navarrete, região sul de Rio Preto. O macaco foi achado no dia 25 de agosto. O animal foi encontrado morto por um morador, que avisou a Vigilância Epidemiológica.

Doença
A febre amarela é uma doença grave, que pode matar, por isso a importância da vacinação para quem ainda não tomou a vacina ou está com a dose em atraso. Rio Preto tem a vacina disponível em qualquer uma das 27 unidades de saúde do município.

A vacina, no entanto, não é recomendada para mulheres grávidas, mulheres que estejam amamentando criança com menos de 6 meses de vida, pessoas com doenças ou em tratamento que prejudique a resposta imunológica (HIV/AiDS, quimioterapia, etc) e pessoas com alergia grave ao ovo ou a algum componente da vacina. (G1)

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Prefeitura distribuiu 120 toneladas de alimentos no kit de alimentação em 2020

Transparência e responsabilidade são os principais objetivos da atual gestão da Prefeitura de Valentim Gentil. Em 2020, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 14 =