Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

terça-feira , 17 maio 2022
Home / Últimas Notícias / Polícia Civil de Araçatuba prende jovem suspeita de pedir resgate para comparsas liberarem mulher sequestrada

Powered by free wordpress themes

Polícia Civil de Araçatuba prende jovem suspeita de pedir resgate para comparsas liberarem mulher sequestrada

A Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Araçatuba (SP) prendeu, no último sábado (5), uma jovem de 24 anos suspeita de pedir resgate de R$ 5 milhões para os comparsas liberarem uma mulher sequestrada.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava na frente de uma empresa de Ponta Porã (MS), quando foi rendida por quatro pessoas, colocada dentro de um carro e levada para Pedro Juan Cabalero (PY).

Momentos depois, criminosos entraram em contato com o filho e o marido da mulher sequestrada exigindo a quantia de R$ 5 milhões para liberá-la do cativeiro.

Após uma troca de informações com a Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, a Divisão Especializada de Investigações Criminais de Araçatuba conseguiu localizar e prender a jovem de 24 anos.

Ainda segundo a Polícia Civil, a suspeita estava com o celular usado para extorquir a família da mulher sequestrada em Ponta Porã.

Equipes da corporação também realizaram buscas nos bairros Nossa Senhora Aparecida e São Rafael, visando prender outro homem suspeito de fazer parte da organização.

Os policiais entraram em uma residência que estava com a porta aberta, mas não conseguiram prender o criminoso. Provas encontradas na residência foram apreendidas e serão utilizadas pela Polícia Civil do Mato Grosso do Sul.

A jovem que foi presa com o celular usado para pedir o resgate teve a prisão em flagrante convertida em preventiva. O outro suspeito de fazer parte da organização criminosa teve a prisão decretada e segue foragido. A mulher sequestrada foi liberada do cativeiro neste domingo (6).

Fonte: G1

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Motorista acusado de atropelar 17 pessoas na frente de bar é condenado a 10 anos de prisão

O mecânico Paulo Alves da Silva, acusado de usar uma caminhonete para atropelar 17 pessoas que …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

12 − sete =