Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

terça-feira , 17 maio 2022
Home / Destaque / UPA 24h atenderá exclusivamente casos de Síndromes Gripais

Powered by free wordpress themes

UPA 24h atenderá exclusivamente casos de Síndromes Gripais

Em continuidade às ações que vêm sendo promovidas pela Prefeitura de Votuporanga no combate e enfrentamento à Covid-19, a Secretaria Municipal da Saúde anunciou nesta terça-feira (4/1), novo esquema de atendimento preparado para casos confirmados ou suspeitas de síndromes gripais. Esses atendimentos estarão centralizados na UPA 24 Horas, a partir desta quarta-feira (5/1). As demais urgências e emergências passam a ser atendidas no Mini Hospital “Fortunata Germano Pozzobon”, na Zona Norte da cidade.

Nesta segunda-feira (3/1), cerca de 830 pessoas foram atendidas nas unidades de pronto atendimento UPA 24 Horas e Mini Hospital do Pozzobon. “Tivemos um pico na procura pelo acolhimento, o que também foi percebido em unidades particulares do município. Além do atendimento atualmente ocorrer nos Consultórios Municipais, nos dois serviços de urgência enviamos mais profissionais, na tentativa de oferecer o melhor atendimento possível”, comentou a secretária da Saúde, Ivonete Félix do Nascimento.

Todas as pessoas que apresentam sintomas são encaminhadas para triagem, consulta e realização de testes, em alguns casos para dengue e Covid-19, além das notificações que precisam ser registradas, seguindo os protocolos da Secretaria Estadual da Saúde.
O aumento na procura por atendimento é reflexo das festas de fim ano. “Houve um relaxamento por parte das pessoas, o que facilitou a propagação do vírus. Precisamos redobrar os nossos cuidados para conter o avanço do vírus”.

Em Votuporanga, entre as medidas adotadas, o cancelamento de grandes shows que estavam previstos pela Prefeitura de Votuporanga na programação de Natal, com o intuito de evitar as aglomerações.

Investimentos em Saúde
A Prefeitura de Votuporanga segue investindo na saúde. Em 2021, cerca de R$98 milhões, o que representa 32% do orçamento municipal, foram destinados para ações realizadas nessa área, incluindo o atendimento Covid-19, entre outras iniciativas.

A cidade foi uma das únicas do País a construir um Hospital de Campanha, a partir de recursos próprios e com apoio de empresas, além do Governo de São Paulo. A unidade atendeu cerca de 230 pessoas que tiveram evolução grave da doença, enquanto aguardavam leitos na UTI. “A estrutura foi levantada em menos de 10 dias, para que o quanto antes acolhesse o votuporanguense, que corria o risco de ficar sem leitos de Unidade de Terapia Intensiva, já que essa época foi uma das mais graves durante toda a pandemia”, explicou o prefeito Jorge Seba.

Além de cuidar de medidas preventivas e também de suporte aos contaminados, a Secretaria da Saúde iniciou em 2021 o Ambulatório Pós-Covid, que é responsável por contribuir na recuperação daqueles que ficaram com sequelas causadas pelo vírus.

Fonte: Prefeitura de Votuporanga

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Ruas do Jardim Portal dos Lagos começam a receber o recapeamento asfáltico

As ruas do Jardim Portal dos Lagos estão sendo as primeiras a receber o recapeamento …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco × dois =