Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

terça-feira , 17 maio 2022
Home / Últimas Notícias / Mergulhadores farão novas buscas em rio onde carro desaparecido desde 2014 foi achado com ossos humanos

Powered by free wordpress themes

Mergulhadores farão novas buscas em rio onde carro desaparecido desde 2014 foi achado com ossos humanos

Para ajudar a Polícia Civil a resolver o mistério do carro que foi encontrado com uma ossada dentro do Rio Cachoeirinha, em Olímpia (SP), mergulhadores do Corpo de Bombeiros entrarão na água novamente para realizar mais uma varredura. O G1 apurou que os trabalhos serão feitos na tarde desta terça-feira (20).

O nível do rio abaixou por conta da estiagem que atinge a região noroeste paulista e revelou o veículo. Um homem que pescava em cima de uma ponte na tarde da última sexta-feira (16) viu o carro e acionou as autoridades.

Mergulhadores entraram na água e encontraram ossos humanos dentro do carro. A ossada foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com Marcelo Pupo, delegado da Polícia Civil de Olímpia responsável por investigar o caso, o veículo é o mesmo que desapareceu com dois jovens em 2014.

“Pedimos que as novas buscas fossem feitas para tentarmos encontrar mais ossos ou informações que possam nos ajudar na investigação. Ainda não sabemos se ossos pertencem a uma ou duas pessoas. Precisamos esperar os laudos”, explicou ao G1.

Há a suspeita de que os ocupantes do veículo possam ser os eletricistas Rodrigo Alonso Lopes, de 28 anos, e Janielson Daniel Adelino, de 20 anos, que desapareceram em 2014.

Na época, a noiva de Rodrigo registrou um boletim de ocorrência na delegacia de Barretos (SP), onde narrou à polícia que o noivo e o companheiro de trabalho sumiram depois de irem a um rancho em uma região conhecida como Cachoeirinha.

A mulher ainda relatou que os dois estavam em um carro preto. Dias depois do registro policial ser feito, a dona de casa Maria José Lopes afirmou que o filho Rodrigo e o ajudante Janielson sumiram após serem visto em um bar de Olímpia.

Segundo o delegado Marcelo Pupo, um inquérito policial foi instaurado na tarde desta segunda-feira (19). Todas as possibilidades são investigadas pela corporação.

“Vamos colher o material genético da mãe de uma das possíveis vítimas. Isso pode nos ajudar a descobrir de quem são os ossos. Parece que encontraram somente uma ossada dentro do carro. Vamos esperas as equipes fazerem a nova varredura”, disse.

Fonte: G1

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Motorista acusado de atropelar 17 pessoas na frente de bar é condenado a 10 anos de prisão

O mecânico Paulo Alves da Silva, acusado de usar uma caminhonete para atropelar 17 pessoas que …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco × cinco =