Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

terça-feira , 17 maio 2022
Home / Últimas Notícias / MP pede investigação contra vereador que postou mensagem de Ano Novo escrita com munições em Rio Preto

Powered by free wordpress themes

MP pede investigação contra vereador que postou mensagem de Ano Novo escrita com munições em Rio Preto

O Ministério Público de São José do Rio Preto (SP) pediu para a Polícia Civil investigar a conduta do vereador Anderson Branco (PL), que publicou na internet uma mensagem de Ano Novo com a imagem de uma arma, carregadores e munições.

De acordo com informações apuradas pela TV TEM, a promotoria quer saber se Anderson tem porte de arma, qual a origem da munição, o motivo da postagem e se houve incitação ao crime.

TV TEM entrou em contato com o vereador, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem. Contudo, o assessor dele afirmou que Anderson está viajando.

A Polícia Civil informou que já havia iniciado as investigações antes do pedido do Ministério Público. O caso será investigado pela Seccional de Rio Preto.

Publicação

Anderson publicou a imagem no dia 2 de janeiro. Nela, ele também escreveu “Feliz 2021”, além de usar as hashtags #MeuPartidoéaFamília, #Deus, #Pátria, #Família e #PopulaçãoSegura.

A postagem gerou polêmica nas redes sociais do vereador. Internautas comentaram sobre o assunto.

“Toma vergonha, vereador. Você está aí para defender o povo, não bandido. Essa sua atitude é ridícula”, escreveu uma internauta. “Vergonha de post. Merecia perder o cargo. Coisa diabólica”, disse outro.

Diante da repercussão, o vereador se posicionou nos comentários da publicação e disse que é a favor de que a população possa usar armas.

“Sou a favor da família e do cidadão de bem protegido contra bandidos, estupradores e governos comunistas. É coerente eles [criminosos] estarem bem armados e a população vulnerável e frágil? Vamos parar de hipocrisia!”.

À época, o G1 pediu um posicionamento da Câmara Municipal de Rio Preto sobre o assunto.

Em nota, a Câmara afirmou que “em atenção à publicação nas redes sociais do vereador Anderson Branco, essa presidência entende que cada um dos 17 vereadores eleitos é responsável direto pelas suas ações e uso de imagem.

Já em relação ao Poder Legislativo, as Comissões serão definidas a partir do dia 26, sendo prematuro, portanto, adiantar qualquer decisão que eventualmente venha a ser tomada.”

Fonte: G1

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Motorista acusado de atropelar 17 pessoas na frente de bar é condenado a 10 anos de prisão

O mecânico Paulo Alves da Silva, acusado de usar uma caminhonete para atropelar 17 pessoas que …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

19 − sete =