Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

quarta-feira , 18 maio 2022
Home / Últimas Notícias / O que se sabe sobre o incêndio no Hospital de Bonsucesso

Powered by free wordpress themes

O que se sabe sobre o incêndio no Hospital de Bonsucesso

incêndio que atingiu o Hospital Federal de Bonsucesso na terça-feira (27) causou a morte de três pacientes que estavam internados na unidade de saúde – a maior da rede pública do Rio de Janeiro.

No mesmo dia à noite, o Corpo de Bombeiros recomendou que o hospital esvaziasse dois dos seis prédios que formam o complexo hospitalar. Estavam internados nos edifícios quase 300 pacientes, que seriam transferidos para outras unidades de saúde.

Os bombeiros começaram a combater o fogo na manhã de terça. Uma “luta” que seguiu durante todo o dia. A corporação permanecia fazendo o rescaldo no Prédio 1 da unidade até as 20h, e a expectativa era de que o trabalho avançasse durante a madrugada.

Abaixo, o G1 reúne o que se sabe, até agora, sobre o incêndio que provocou a morte de duas mulheres e um terceiro paciente não identificado, e também esvaziou uma das unidades de saúde mais importantes do estado.

Vítimas

As duas mulheres que morreram após o incêndio eram pacientes em estado grave internadas no 3º andar do Prédio 1. No espaço destinado a pessoas infectadas pelo novo coronavírus, estavam 23 pacientes hospitalizados quando o fogo começou.

Houve ainda uma terceira morte confirmada pelo Ministério da Saúde na terça à noite, mas não foram divulgadas mais informações sobre a vítima.

A primeira vítima a ser identificada foi a radiologista Núbia Rodrigues, de 42 anos. Moradora da Penha, também na Zona Norte, ela estava internada em estado gravíssimo do centro de terapia intensiva (CTI) da unidade de saúde com Covid-19.

O filho de Núbia, Patrick Machado, afirmou à TV Globo que a mãe tinha uma saúde boa, sem comorbidades, mas que começou a se sentir mal na quarta-feira (21), com sintomas do novo coronavírus. Depois, o estado de saúde dela piorou.

Núbia chegou a ser transferida para o Prédio 2, mas não suportou a troca de local e morreu.

A segunda vítima, uma idosa de 83 anos, não teve a identidade revelada. A assessoria do hospital informou que ela estava no CTI coronariano da unidade já em estado grave. Ela também não teria suportado a transferência e morreu.

Início do fogo

A direção do Hospital Federal de Bonsucesso informou que o fogo começou no subsolo do Prédio 1, por volta das 9h45. No local, segundo o comunicado, ficava o almoxarifado da unidade de saúde, com mais de 30 mil fraldas descartáveis guardadas. Essa seria uma explicação para a dificuldade dos bombeiros em controlar as chamas.

O Prédio 1 é considerado o principal edifício do complexo hospitalar (veja abaixo o que funcionava em cada prédio). Lá funcionava a emergência e também ficavam pacientes internados. Além disso, era no edifício que eram realizados exames de imagem da unidade de saúde.

O Hospital Federal de Bonsucesso é composto por seis alas – duas delas tem internações.

  • Prédio 1 (onde começou o fogo): Emergência, internações e exames de imagem.
  • Prédio 2: Centro de atenção à mulher, à criança e ao adolescente
  • Prédio 3: Oncologia clínica e perícia médica
  • Prédio 4: Administração
  • Prédio 5: Laboratório, centro de estudos e residência médica
  • Prédio 6: Ambulatório

Fonte: G1

Sobre Gazeta

Além disso, verifique

Motorista acusado de atropelar 17 pessoas na frente de bar é condenado a 10 anos de prisão

O mecânico Paulo Alves da Silva, acusado de usar uma caminhonete para atropelar 17 pessoas que …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × um =