Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

segunda-feira , 24 agosto 2020
Home / Destaque / Polícia Ambiental de Votuporanga prende ladrões de gado

Powered by free wordpress themes

Polícia Ambiental de Votuporanga prende ladrões de gado

Dois homens da região de Barretos foram presos pela Polícia Ambiental de Votuporanga (VTR A-04205) ontem (22) perto de Cardoso suspeitos de furto e abate clandestino de gado, além de outros crimes.

Eles estavam com uma caminhonete na vicinal José de Abreu, município de Cardoso e foram abordados saindo de uma fazenda sentido a cidade de Cardoso. Naquele instante foi proferida a ordem de parada, contudo, o motorista desobedeceu e fez a conversão seguindo o sentido contrário da via, parando o veículo no acostamento, onde foi visualizado o passageiro arremessando uma arma de fogo pela janela.

Desta forma, imediatamente foi realizada a devida abordagem dos indivíduos. No local da abordagem foi encontrada a arma arremessada, sendo: uma espingarda carabina, calibre 22, municiada com uma munição intacta.

Realizada a busca pessoal nos abordados, foi encontrado no bolso da calça de um deles outra munição de calibre 22 também intacta. No interior do veículo, foram encontrados um machado, uma pedra para amolar, uma chaira de afiar facas, uma faca de açougueiro, uma lona plástica e uma corda de nylon com laço.

Portanto, tudo indicava que os materiais seriam utilizados para abate de gado bovino, pois havia corda com laço para laçar o animal, o machado que no caso não teria outra finalidade a não ser para causar o abate do animal bovino, com a conhecida “machadada na cabeça” até causar a morte do animal, a faca para sangrar e a lona plástica para acomodar a possível carne na carroceria da caminhonete. Os suspeitos informaram à polícia serem da região de Barretos, que não tinham parentes na cidade da abordagem, que estavam no local caçando animais silvestres e que não possuíam qualquer tipo de documentação para estarem portando a arma.

Portanto, diante dos materiais encontrados e a experiência profissional da equipe Ambiental, levantou-se a suspeita de que os indivíduos estavam na região com intuito de praticar furto de animais bovinos, porém foram impedidos devido a ação preventiva da Equipe.

Com o porte ilegal de arma de fogo, foi dada a voz de prisão aos abordados, por infringirem o disposto no artigo 14 da Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003. A Equipe Ambiental solicitou o apoio dos policiais militares do policiamento de área da cidade de Cardoso, com a VTR I-16097, para o transporte adequado dos presos até o plantão de Votuporanga.

A dupla foi autuada pelo delegado de plantão, Marcos Koji Yoshizaki, que ratificou a voz de prisão, determinando a prisão em flagrante, sendo imposta a fiança no valor de R$1 mil para cada autuado.

Quanto ao veículo, o condutor, não possuía Carteira de Habilitação, sendo também encontrado no interior do veículo latas de cerveja vazias e cheias, indicando que o mesmo estaria conduzindo a caminhonete sob efeito de álcool, além de que o condutor admitu o consumo de álcool na presente data.

Assim, foram lavrados pelos policiais de área os seguintes Autos de Infração de Trânsito: por recusar-se a submeter a teste de etilômetro; por dirigir veículo sem possuir CNH, sendo o veículo guinchado para o pátio do Detran de Votuporanga.

Tendo em vista os autuados terem alegados que estavam caçando animais silvestres, foram lavrados administrativamente dois autos de Infração Ambiental ambos por caçar espécimes da fauna silvestre, sem a devida autorização da autoridade competente, infringindo o disposto no artigo 25 da Resolução SMA 48/2014, sendo os materiais apreendidos conforme Auto de Exibição e Apreensão da Polícia Civil.

Foram realizadas as pesquisas criminais dos autores, sendo que um possui antecedentes. Durante a apresentação da ocorrência na Central de Flagrantes, a equipe teve informações que os indivíduos apresentados, estiveram com a caminhonete no Distrito de São João do Marinheiro, oferecendo no comércio carne bovina sem nota por encomenda.

 

Fonte: Votuporanga Tudo

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Ex-aluna do curso de Fisioterapia defende mestrado em universidade federal

Recentemente, mais uma egressa da UNIFEV finalizou o tão sonhado mestrado acadêmico. Jessica Hohana Taira, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + cinco =