Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

segunda-feira , 10 agosto 2020
Home / Pop & Arte / Diretor de ‘Pantera Negra’ fala de filme sobre ativista assassinado: ‘Estamos na mesma luta’

Powered by free wordpress themes

Diretor de ‘Pantera Negra’ fala de filme sobre ativista assassinado: ‘Estamos na mesma luta’

Depois de fazer de “Pantera Negra” um sucesso com mais de US$ 1 bilhão de bilheteria e indicação ao Oscar de Melhor Filme, o diretor Ryan Coogler resolveu produzir um filme sobre o ativista Fred Hampton, integrante dos Panteras Negras.

Morto com apenas 21 anos em 1969, a figura de Hampton é relevante entre os americanos, ainda mais depois dos protestos nos Estados Unidos neste ano, após o assassinato de George Floyd por um policial racista.

“Judas e o Messias Negro” mostra como Hampton (Daniel Kaluuya, de “Corra!”) se tornou presidente da filial do estado americano de Illinois dos Panteras Negras (veja o trailer abaixo).

Em entrevista por videoconferência da qual o G1 participou, Coogler, o diretor Shaka King (que estreia em longas) o produtor Charles D. King e o ativista Fred Hampton Jr, filho do cinebiografado, falaram do filme. Ainda não foi definida a data de estreia no Brasil.

Coogler disse que é amigo do diretor há muitos anos, quando se conheceram no Festival de Sundance. Na época, ele estava lançando seu primeiro filme, “Fruitvale Station – A Última Parada”. Logo após terminar “Pantera Negra”, Coogler foi procurado por King para ajudá-lo a produzir “Judas e o Messias Negro”.

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Ana Maria Braga revela câncer no pulmão durante programa: ‘Vou sair dessa’

Ana Maria Braga usou o encerramento de seu programa “Mais Você” nesta segunda-feira (27) para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 18 =