Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

quarta-feira , 9 outubro 2019
Home / Destaque / Conselho Tutelar: Candidatos não eleitos divulgam carta contestando resultado

Powered by free wordpress themes

Conselho Tutelar: Candidatos não eleitos divulgam carta contestando resultado

Uma carta associada a sete candidatos que participaram da eleição para o Conselho Tutelar de Votuporanga, realizada no último domingo (6/10), foi divulgada nesta quarta-feira (9/10) à imprensa, contestando o resultado do pleito. Questionam a eleição, segundo a carta, os candidatos Adriana Cristina de Jesus Rocha, Erica Regina Preto Rodrigues, Francisco Machado Faria Bezerra da Silva, Janete Pereira Martins, José Roberto Garcia, Paulo César Carrilho e Rosa Helena Ruiz.

Na carta são apontados “inúmeros indícios de irregularidades que acabaram por contaminar o resultado da eleição”. Entre os pontos questionados estão “o efetivo e indiscriminado movimento de transporte de eleitores por parte de alguns candidatos; a denunciação pública de compra de votos; a vinculação de alguns candidatos ao sistema Municipal de Assistência Social; a falta de transparência na apuração; a falta de lógica e de transparência no sistema montado para o exercício do voto, com o cadastramento em um ambiente e o local de votação em outro, o que, em tese, poderia ter produzido reprodução das senhas de votação (tickets coloridos), já que o eleitor transitou pelas instalações de posse dele e até notícias de que alguns o receberam, mas em virtude do tumulto na fila de votação, foram recomendados a voltar mais tarde, já com a emissão da autorização de voto em mãos, para posterior votação”.

A carta termina pedindo a verificação de todas as supostas irregularidades. (Confira o texto na íntegra logo abaixo)

“Eleição tranquila”, aponta secretário

Em nota divulgada à imprensa nesta terça-feira (8/10), sobre a eleição de domingo, a Prefeitura de Votuporanga informou que todo o processo ocorreu de forma tranquila. Segundo a nota, 4.595 pessoas votaram. O número de eleitores deste ano superou o de 2015 que teve, na época, 4.444 eleitores, 151 a menos.

O secretário de Assistência Social, Emerson Pereira, disse que a eleição foi tranquila. “Durante todo o dia, tivemos o apoio da Polícia Militar, dos agentes de trânsito e equipe de servidores públicos municipais. Não tivemos nenhuma ocorrência relevante. Agradecemos mais uma vez a Unifev por ter cedido o espaço com as salas equipadas, oferecendo água, sanitários e acima de tudo comodidade para a população”.

Na nota, o secretário também parabeniza os conselheiros eleitos. “Este ano houve um rígido processo de escolha, objetivando melhor seleção dos candidatos. Do total de 19 inscritos, 16 foram aprovados para a disputa eleitoral. Nossas crianças e adolescentes que ganham com isso. Fui conselheiro tutelar por dois mandatos e sei desta grande responsabilidade. Desejo que os novos conselheiros tenham sucesso neste novo mandato. A Prefeitura de Votuporanga, por meio do nosso prefeito João Dado, deu total apoio para a realização do processo, atendendo todas as solicitações que foram feitas pelos membros da comissão eleitoral”.

Gabriel Cordeiro de Lima, secretário executivo dos Conselhos que estão vinculados administrativamente na Secretaria de Assistência Social, comentou ainda que foi instalada uma Comissão de Processo Unificado do Conselho Tutelar, objetivando um processo eleitoral participativo e transparente. “Além disso, tivemos também respaldo e parceria das autoridades judiciais que compõem a Infância e Juventude de Votuporanga”, acrescentou.

Os eleitos

Foram eleitos Osmair Francisco (640 votos); Cristiana Pereira (616); Beatriz Vieira Cavalari (412); Cleber de Lima Dias (355) e Celma Lucia Fraga Lima (352). Também foram registrados 7 votos brancos e 45 nulos. Os conselheiros titulares receberão salário de R$ 2.805,54, além de outros benefícios da Administração Municipal. Para suplentes ficaram: Renata Garcia Dias; Erica Regina Preto Rodrigues; Rosa Helena Ruiz; José Roberto Garcia e Janete Pereira Martins.

 

SEGUE NA ÍNTEGRA A CARTA DIVULGADA À IMPRENSA

Votuporanga, 09 de outubro de 2019.

 

CARTA ABERTA AOS ÓRGÃOS DE IMPRENSA E À POPULAÇÃO DE VOTUPORANGA

 

“Todos nós que assinamos esta missiva pública participamos como candidatos do pleito para o preenchimento das cinco vagas ao Conselho Tutelar de Votuporanga, “eleição” que transcorreu neste domingo último, dia 06 de outubro.

Por não concordamos com os inúmeros indícios de irregularidades que acabaram por contaminar o resultado da eleição, tais como:  a-) efetivo e indiscriminado movimento de transporte de eleitores por parte de alguns candidatos; b-) denunciação pública de compra de votos; c-) vinculação de alguns candidatos ao sistema Municipal de Assistência Social; d) falta de transparência na apuração; e-) falta de lógica e de transparência no sistema montado para o exercício do voto, com o cadastramento em um ambiente e o local de votação em outro, o que, em tese, poderia ter produzido reprodução das senhas de votação (tickets coloridos), já que o eleitor transitou pelas instalações de posse dele e até notícias de que alguns o receberam, mas em virtude do tumulto na fila de votação, foram recomendados a voltar mais tarde, já com a emissão da autorização de voto em mãos, para posterior votação.

Sendo assim e diante de todos esses indícios de irregularidades decidimos não reconhecer o resultado do pleito apresentado na noite de 06 de outubro, assim como exigirmos das autoridades responsáveis a apuração rígida de todos esses indícios de ocorrências que transformaram o pleito democrático em um aparente mar de ilegalidades praticadas por alguns candidatos e suas campanhas.

Pautados pela nossa conduta legítima e dentro das regras do processo democrático de escolha pedimos ao povo de Votuporanga que nos ajude na reinvindicação às autoridades responsáveis pelo processo, da devida transparência e verificação de todos esses indícios apontados.

Buscaremos então por via legal esta fiscalização e transparência devida que nos foi sonegada no dia do pleito.

Contamos com o apoio do povo de Votuporanga nesta busca”.

Atenciosamente,

 

ADRIANA CRISTINA DE JESUS ROSA

 

ÉRICA REGINA PRETO RODRIGUES

 

FRANCISCO MACHADO FARIA BEZERRA DA SILVA

 

JANETE PEREIRA MARTINS

 

JOSÉ ROBERTO GARCIA

 

PAULO CÉSAR CARRILHO

 

ROSA HELENA RUIZ

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Prefeitura realiza grande mutirão de limpeza na região norte de Votuporanga

A Prefeitura de Votuporanga, por meio das Secretarias Municipais da Saúde, Obras e Saev Ambiental, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − catorze =