Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

quarta-feira , 12 junho 2019
Home / Destaque / Após sete anos, Santa Casa de Votuporanga anuncia o retorno da neurologia

Powered by free wordpress themes

Após sete anos, Santa Casa de Votuporanga anuncia o retorno da neurologia

Já dizia o escritor brasileiro José de Alencar: “O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis”.

A Santa Casa de Votuporanga nunca desistiu do sonho de retornar com a neurologia clínica. Ciente da importância do serviço para os pacientes, a Instituição lutou bravamente para conquistar a especialidade após sete anos de suspensão de atendimento.

O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, fez o anúncio nesta terça-feira (11/6), na presença de lideranças, médicos e imprensa. “Estamos muito emocionados. Há sete anos, encerramos o serviço de neurocirurgia por falta de recursos. Recebíamos R$29 mil do Governo do Estado, sendo que para custear atualmente seriam necessários R$800 mil por mês. Hoje, contratamos equipe para retornar com a neuroclínica”, afirmou.

Ele destacou que é o pontapé para neurocirurgia. “Estamos com pés no chão, para que o Hospital não se endivida. Cerca de 50% dos pacientes que seriam transferidos para São José do Rio Preto agora ficarão na Instituição”, complementou.

Uma equipe com seis médicos, liderada pelo neurologista Dr. Vitor Roberto Pugliesi Marques, foi contratada para atender os casos clínicos. Fazem parte do time: Ana Elisa de Castro Mariano; Andressa Rolim Braga Gadelha Guerzoni; Luís Guilherme Ronchi; Karla Ricarti Nodari; Pedro Henrique de Abreu Macedo e Lionel Valsechi.

Dr. Fabiano Gradela Leone, diretor técnico, comemorou a conquista. “Fico muito feliz. Não foi uma situação fácil, tivemos que sentar várias vezes com diretores, médicos, para chegarmos neste ponto. Apesar de todas as dificuldades, a Santa Casa luta e não desiste em atender melhor. Reunimos uma equipe jovem, competente e que quer crescer com Votuporanga”, disse.

Fabiano enalteceu que o serviço irá atuar no pronto atendimento. “Quero ressaltar que não é ambulatório. Eles irão assistir casos de urgência e emergência, pacientes de maior gravidade que necessitava de transferência para Rio Preto”, destacou.

O coordenador da rede de urgência e emergência, Dr. Chaudes Ferreira Júnior, deu as boas-vindas para os profissionais. “Como responsável pelo Pronto Socorro, fomos a linha de frente sem a especialidade juntamente com a Clínica Médica. Muitos assistidos eram transferidos para uma consulta e retornavam. Será um grande diferencial e vieram para somar, fazendo o melhor para nosso município sem transferências, estresse e riscos”, falou.

A médica Dra. Lígia Tellis, responsável pela Clínica Médica, ressaltou que o serviço melhorará a assistência. “Trará mais segurança no tratamento”, disse.

O serviço de Neurologia garante rapidez, melhor atendimento e otimização dos recursos de saúde. O profissional atua em parceria com a Clínica Médica do Hospital e Pronto Socorro, sendo acionado de acordo com a necessidade, avaliando os pacientes e a solicitação de exames. Isso garante investigação, diagnóstico e tratamento adequados, evitando transferências de pacientes para outras instituições de saúde.

A Neurologia Clínica acompanhará doenças vasculares cerebrais, escleroses múltiplas, doenças neurológicas infecto-contagiosas, cefaléia, epilepsia, doenças neuro-musculares, demência, distúrbios de movimentos e doenças heredo-degenerativas.

Dr. Vitor enalteceu que a equipe é graduada nas melhores instituições do Brasil. “Temos vontade de fazer acontecer. A Neurologia é uma especialidade médica que corresponde a 40% dos leitos do Hospital ou até mais. E entre as principais patologias, está o Acidente Vascular Cerebral (AVC)”, contou.

O AVC é a principal causa de incapacidade no mundo. A cada 5 minutos um brasileiro morre em decorrência da doença. A Organização Mundial de AVC (World  Stroke  Organization) prevê que uma em cada seis pessoas terá o acidente vascular cerebral ao longo da vida. “Estes dados nos faz sair da zona de conforto e ir para o ambiente hospitalar para salvar vidas. A especialidade também trata de paralisias, epilepsia, entre outros”, afirmou.

Dra. Ana Elisa de Castro Mariano recordou que está na Santa Casa desde 2010. “Tentei várias vezes trazer novamente o serviço, mas não deu certo. Agradeço todos os parceiros para o empenho da Neuroclínica”, disse.

O vereador Daniel David também discursou. “Estamos muito felizes em trazer mais esta especialidade, que salvará vidas”, falou. O prefeito João Dado relembrou que a neurocirurgia começou há 10 anos, com o credenciamento em Brasília. “Os casos de urgência e emergência são trazidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Agora o primeiro atendimento é feito pela Neurologia. Votuporanga vai se tornando referência absoluta em saúde”, finalizou.

 

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

“Vamos esquecer o passado”, diz Emerson Pereira ao assumir Assistência Social

O Prefeito João Dado anunciou, na manhã desta sexta-feira (07/06), o novo Secretário Municipal de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =