Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

quinta-feira , 19 março 2020
Home / Destaque / Prisão de mãe que agrediu e matou o filho em Valentim é prorrogada em 30 dias

Powered by free wordpress themes

Prisão de mãe que agrediu e matou o filho em Valentim é prorrogada em 30 dias

Valentim Gentil – Foi prorrogada por 30 dias a prisão temporária por homicídio qualificado da mulher que matou o filho de 5 anos em Valentim Gentil (SP), segundo a Polícia Civil.

Stefhany Oliveira Lima, de 29 anos, contou à polícia que a agressão foi motivada porque ela estava alcoolizada e sem ânimo para brincar com o menino.

Depois da confissão, ela foi encaminhada para a DIG de Votuporanga (SP) e presa temporariamente por cinco dias. Em seguida, foi levada para a cadeia de Nhandeara (SP).

Entenda o caso

Diogo foi agredido e levado pela mãe a um posto de saúde com ferimentos na cabeça. Inicialmente, ela disse aos médicos que ele havia caído de bicicleta.

No entanto, devido à gravidade dos ferimentos, a polícia foi acionada e a criança transferida no domingo (16) ao Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de São José do Rio Preto (SP). Na unidade, a equipe médica constatou o traumatismo craniano.

Questionada pela polícia, a mãe confessou a agressão. O caso gerou comoção entre os moradores da cidade e a mulher corria risco de ser linchada, informou a polícia.

O corpo de Diogo foi enterrado na manhã de quarta-feira (19), no cemitério de Valentim Gentil, no mesmo túmulo da irmã. A menina morreu há três anos, quando tinha apenas um ano de vida, após ser diagnosticada com leucemia.

Os rins, córneas e fígado de Diogo foram retirados e foram doados para outros pacientes. (G1)

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Fundo Social divulga Feirinha de Adoção Permanente pelo site da Prefeitura

Todos os dias, diversos animais são abandonados nas ruas, e buscando encontrar um lar para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =