Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

quarta-feira , 18 março 2020
Home / Esporte / ‘Nenhum dos três goleiros da Copa seria meu titular’ diz Emerson Leão – Coluna Boleiragem

Powered by free wordpress themes

‘Nenhum dos três goleiros da Copa seria meu titular’ diz Emerson Leão – Coluna Boleiragem

Goleiro da seleção brasileira em quatro Copas do Mundo (1970,1974,1978 e 1986), Emerson Leão se diz contrário às decisões de Tite. Segundo ele, nenhuma das três possíveis opções do técnico brasileiro para a Copa (Alisson, Ederson e Cássio) seria seu convocado para o gol, com exceção do goleiro Corintiano, em que Leão manifestou dúvida sobre sua convocação, mas garantiu que nenhum dos citados anteriormente seria titular. O ex-jogador disse ainda que o seu titular seria o goleiro cruzeirense Fábio, que segundo ele há muito vem merecendo a vaga. Leão ainda comentou sobre seus desentendimentos com Tevez e polêmicas com Robinho. Confira agora o papo do ex-goleiro com o Léo Caporalini.

Léo Caporalini: Quem são os goleiros que você levaria para a Copa do Mundo?

Emerson Leão: “Os três já estão definidos, por tanto não teremos novidade. Não convocaria nenhum dos três e o meu titular seria o Fábio que vem muito bem no Cruzeiro há muito tempo. Os outros goleiros seriam Vanderlei e talvez o Cássio”.

Entre os jogadores que você acompanhou a trajetória nos clubes, o Robinho foi o que mais lhe frustrou?

“O Robinho disse pra mim que seria o melhor jogador do mundo. Eu disse pra ele que se ele continuasse assim ele não seria. Falei para ele continuar sendo ofensivo e determinado, mas a Europa mudou o Robinho”.

Você tinha desavenças com o Tevez?

“Não, muito pelo contrário. O Tevez sempre cumpriu com a sua obrigação e sempre foi um bom artilheiro. Quem tirou ele do Corinthians foi o empresário e não eu. Como profissional eu não tenho anda a reclamar”.

*Lembrando que a convocação da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo será nessa segunda, às 14h e toda a repercussão você confere aqui no Boleiragem.

HOUVE INTERFERÊNCIA DIRETA NO PLACAR: RODRIGUINHO

Três gols e três vitórias em quatro jogos. Esse é o desempenho de Rodriguinho, meia do Corinthians contra o Palmeiras neste ano. E mais uma vez, como já é de praxe, “Deusdriguinho” desequilibrou. Na partida deste último domingo, os dois maiores rivais da capital, Corinthians e Palmeiras, se enfrentaram buscando uma vitória no Campeonato Brasileiro para colar no líder Flamengo. Ambos precisavam dos três pontos, mas apenas o lado Alvinegro demonstrou essa vontade dentro de campo.

“Mas como você pode falar isso? O Palmeiras teve três bolas na trave, não sei quantas finalizações e Blá-Blá-Blá…” Vou explicar. Não basta apenas oportunidades aleatórias para que se crave que um time foi superior ao outro, e foi isso que ocorreu no Derby. Em certos momentos o Palmeiras até ia para cima, mas o Timão sempre conseguia se defender bem, e passou pouco sufoco. Não sofrer também é uma qualidade, e essa é uma grande virtude corintiana. O Palmeiras perdeu chances e o Corinthians aproveitou, simples. O futebol é assim, em um lance você coloca a bola na trave do seu adversário, e depois no contra-ataque já se toma o gol…Não é a primeira e nem a última vez que isso vai ocorrer.

E olha, não foi a trave que parou a equipe de Itaquera hoje não, foi Jailson. O goleiro palmeirense fez mais uma partida espetacular e evitou um resultado maior dos donos da casa, com pelos menos três defesas difíceis. E tem mais destaque na partida: Romero. O paraguaio faz de tudo para ser mais um “jogador folclórico” no Brasil. “As pessoas dizem que eu não tenho habilidade”, disse o jogador. Essa foi a justificativa dele depois de fazer embaixadinhas com a cabeça no meio da partida, que na minha opinião é lance de jogo, e uma provocação normal, então não há o que discutir. Dizem até que o monstro do Freestyle, Séan Garnier, o chamou para seguir carreira na modalidade. O francês até sugeriu uma dupla para o paraguaio fazer mais sucesso: Romero e Kerlon Foquinha (para quem não entendeu, dá um Google).

E o resultado final ficou mesmo 1 a 0 para o Corinthians, que agora empatou em pontos com Flamengo e Atlético-MG (ambos com 10) dividindo a liderança do Brasileirão. Já o Palmeiras, apesar da derrota, ainda continua com uma boa posição na tabela (5° colocação), mas já se viu ultrapassado por Atlético-MG (3°) e Grêmio (4°). O Verdão vai a campo na próxima quarta, às 21h45 no Allianz Parque, para enfrentar o Junior Barranquilla-COL, pela última partida fase de grupos da Libertadores. Classificado, o Palmeiras pode eliminar o Boca Junior se perder em casa. Já o Corinthians também joga pela “Liberta” nessa semana, só que na quinta-feira, às 21h30 contra o Deportivo Lara da Venezuela. A partida pode definir um dos classificados para a próxima fase do maior torneio das Américas.

PRAZER, MEU NOME É GABI2JOGOS5GOLS

E não é que o menino da Vila está jogando bem? Gabriel Barbosa, mais conhecido como Gabigol, vem muito bem nas últimas duas partidas. Fez um Hat-trick semana passada contra o Luverdense pela Copa do Brasil, e hoje fez mais dois na vitória do Santos contra o Paraná pelo Campeonato Brasileiro. E antes de criticar dizendo que foram gols apenas em times semiamadores, eu já afirmo: Concordo. Mas mesmo assim, são gols em momentos importantes para o Santos. A equipe de Jair Ventura passou por momentos conturbados semana passada. Tomou um “sacode” do Grêmio em Porto Alegre, e gerou muita desconfiança por parte da mídia e da torcida. A equipe da Baixada tem que manter essa pegada ofensiva se quer brigar por algo esse ano, e é claro, Gabigol tem manter essa média de boas partidas.

REI DO EMPATE, SÃO PAULO CONQUISTA IMPORTANTE PONTO NO FINAL

Mais uma vez o São Paulo empatou no campeonato, e mais uma vez eu comecei escrevendo sobre o São Paulo dizendo que ele empatou no campeonato. Daqui a pouco vai ficar mais fácil copiar e colar as matérias do Tricolor, para poupar meu tempo (Me desculpe pelo desabafo). Dessa vez, o “pontinho” foi conquistado fora de casa, em uma partida contra o Bahia que terminou em 2 a 2, na Fonte Nova. Pelo menos o resultado veio de maneira heroica. O clube do Morumbi esteve perdendo na maior parte do jogo, até que em um golaço de Shaylon, fez com que o time continuasse invicto no Brasileirão. Enfim, o técnico Diego Aguirre tem que entender que o São Paulo é time grande, e não deve se comportar como “pequeno” quando joga fora de casa. Ouse Aguirre, ouse.

 

LEONARDO CAPORALINI

“Sou apresentador, produtor e comentarista esportivo da TV Unifev, na qual conduzo os programas “Parada Técnica” e “Nostalgiando”, além de participar do programa “Meio de Campo” e ser um dos responsáveis pelo esporte na Rádio Unifev e no TVU Jornal. Sou colunista do jornal Gazeta de Votuporanga e aluno de comunicação social na Unifev de Votuporanga”.

BOLEIRAGEM

Bem, a partir de agora aqui na Gazeta de Votuporanga, começa a coluna “Boleiragem”, que vai falar dos mais importantes assuntos do futebol no mundo, desde a nossa Votuporanguense até aos maiores clubes Europeus. (Minúsculos perto do CAV). Então, sob o comando de Leonardo Caporalini (no caso eu, o Léo) começa o Boleiragem, a irreverente informação do futebol pelo mundo.

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Adversário do CAV na estreia da A2, Juventus vence o São Paulo em jogo-treino

Na manhã desta quarta-feira (15/01), o Juventus, adversário do CAV na estreia da Série A2, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 13 =