Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

terça-feira , 24 março 2020
Home / Destaque / Acusado de matar dr. Hedilon em General Salgado é condenado a 34 anos de prisão

Powered by free wordpress themes

Acusado de matar dr. Hedilon em General Salgado é condenado a 34 anos de prisão

General Salgado – A Justiça condenou a 34 anos de prisão um dos acusados do assassinato de um médico oftalmologista em 2013 em General Salgado (SP). O outro acusado foi condenado a 19 anos e sete meses.

O julgamento terminou na noite desta quarta-feira (25). O G1 tentou entrar em contato com os advogados de defesa na manhã desta quinta-feira (26), mas eles não foram localizados.

Os dois devem cumprir pena em regime fechado. O médico Hedilon Basílio Silveira Júnior foi morto a tiros na sede da fazenda que ele arrendava. Depois dos tiros, o corpo dele foi colocado numa caminhonete.

Os criminosos também fizeram outras pessoas que estavam na fazenda reféns. Uma delas conseguiu escapar e avisar a polícia.

O motivo do crime, segundo a polícia, seria uma dívida do arrendamento da propriedade. De acordo com o promotor que cuida do caso, os mandantes do crime ainda não foram julgados. (reportagem G1).

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Secretaria da Saúde de Votuporanga confirma três mortes por dengue em 2020

A Secretaria Municipal da Saúde de Votuporanga atualizou, nesta sexta-feira (20/3), os casos de dengue …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − sete =