Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

terça-feira , 17 março 2020
Home / Destaque / Saev Ambiental realiza limpeza em represa da avenida Paschoalino Pedrazzoli

Powered by free wordpress themes

Saev Ambiental realiza limpeza em represa da avenida Paschoalino Pedrazzoli

Votuporanga – A Saev Ambiental deu início nesta quarta-feira (13/12), na limpeza da represa localizada na Avenida Paschoalino Pedrazzoli. O serviço faz parte do programa “Represa Limpa”, desenvolvido pela Autarquia para manutenção e qualidade da água das represas a montante da municipal e dela própria.

A ação se estende até esta sexta-feira (15/12) e consiste na remoção de lixo, resíduos sólidos e do excesso de vegetação da espécie aguapé. A água da represa desagua nas represas do Parque da Cultura, para depois ir para a Represa Municipal e o acúmulo de resíduos é prejudicial para a qualidade das águas.

Segundo informações da superintendência, a limpeza se deve à grande proliferação da planta, que tem prejudicado o equilíbrio ambiental da represa, além de obstruir por completo o espelho d’água por meio das suas folhas, impedindo o surgimento de algas responsáveis pela oxigenação da água, causando assim a morte de organismos aquáticos, como peixes.

De acordo com o superintendente adjunto, eng. Marcelo Marin Zeitune, o desequilíbrio da fauna aquática da represa é devido a práticas ambientalmente incorretas. “Por exemplo, ao jogarem alimentos para atrair os peixes, o chamado trato, os pescadores estão contribuindo para a reprodução da planta, que possui grande capacidade de tolerância e absorção de poluentes como lixo e esgoto.”

Marcelo ainda explica que a remoção da vegetação permite que a luz solar chegue na superfície da água, permitindo que a represa atinja o equilíbrio ambiental.  Em pequena quantidade, a aguapé é benéfica e ajuda na despoluição de leitos d’água. A ideia é utilizar a planta como uma espécie de peneira natural, retendo os resíduos orgânicos e impedindo que se decomponham nos rios, lagos, lagoas e represas.

O serviço é realizado por equipes especializadas da Superintendência, e conta com uma máquina retroescavadeira e dois barcos. Além das plantas, a equipe também tem encontrado várias garrafas pets descartadas por pescadores e outros frequentadores do local.

Pesca 

Com relação a pescar e nadar no local, a Saev Ambiental lembra que a prática é proibida por se tratar de um manancial cuja finalidade exclusiva é o abastecimento de água potável aos munícipes de Votuporanga o que é definido como crime, segundo a Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal nº 9.605/98). “Temos placas informando que é proibido pescar e nadar na represa municipal, mas, mesmo assim a população acaba cometendo estes delitos. É importante que a população se conscientize e denuncie esses casos pelo 0800 770 1950 ou (17)3405-9190”, enfatizou o superintendente adjunto.

Represa de captação

No início do ano, a Saev Ambiental realizou a limpeza das duas represas do Parque da Cultura. Além disso, a Autarquia efetua, frequentemente, a limpeza da Represa Municipal “Luiz Garcia de Haro”. A água da represa de captação é considerada a terceira melhor do Estado de São Paulo, segundo os Índices de Qualidade das Águas Superficiais, divulgados pela CETESB – Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental.

A Represa de Captação do Córrego Marinheirinho foi inaugurada em 1.974 e atualmente possui uma área correspondente a aproximadamente 10 alqueires com uma capacidade de produção de água entre 8 a 11 mil m³ por dia, dependendo do período do ano, ou seja, em dias frios a produção é menor, já em dias muito quentes pode chegar a produzir 11 mil m³/dia.

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

UNIFEV supera expectativa e apresenta crescimento de mais de 24% em ingressantes

Na contramão da crise, Instituição comemora resultados positivos neste início de ano e investe em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + 9 =