Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

sábado , 21 março 2020
Home / Coluna Social / “Aparentemente, a motivação foi financeira” diz delegado sobre assassinato de Thui Seba

Powered by free wordpress themes

“Aparentemente, a motivação foi financeira” diz delegado sobre assassinato de Thui Seba

Rio Preto – O delegado da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de São José do Rio Preto, Wander Solgon, falou em uma coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (21) sobre os detalhes do assassinato do advogado votuporanguense Thui Seba, filho do secretário Jorge Seba. Dois suspeitos do crime, entre eles o sócio da vítima, foram presos pela polícia no final de semana.

Wander Solgon disse que, aparentemente, a motivação para o crime é uma questão financeira, entre Thui e o ex-sócio, Claudio Yuri. “Havia uma questão de seguros cruzados entre eles, sendo um beneficiário do outro. A gente apurou também que existia certa movimentação financeira na empresa. Nada aponta se tratar de crime passional. Havia também divergências entre os dois na condução da empresa”.

A polícia disse que o depoimento inicial do sócio apontou uma série de divergências com o que foi apurado no decorrer das investigações, e por conta disso, ele começou a ser investigado com mais cuidado. “Descobriu-se que na data anterior do crime, Carlos Yuri manteve contato com o Boiadeiro, que tem fama de ser matador de aluguel”.

A Polícia monitorou o indivíduo conhecido por Boiadeiro e descobriu que, no dia do fato, ele esteve nas proximidades do local do homicídio. “Ligando as provas, conseguimos o mandado de prisão temporária para os dois. No sábado, foi dado o cumprimento”.

O titular da DIG afirma que Boiadeiro nega tudo e que Carlos  Yuri admitiu que conhece o suposto matador. “Ele disse que foi atrás do Boiadeiro a serviço da vítima, para que ele fosse contratado para cobrar uma divida”.

São pelo menos 30 dias de prisão temporária para os suspeitos, tempo em que a polícia pretende aprofundar a investigação. Yuri foi para a cadeia de Catanduva e Boiadeiro continua preso em Rio Preto. (Jociano Garofolo – Gazeta, com colaboração de Marco Antonio dos Santos – Diário da Região)

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Câmara Municipal toma medidas de controle ao avanço do Coronavírus

A Câmara Municipal de Votuporanga informa que restringirá, a partir desta segunda-feira (16/3), as suas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 14 =