Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

sábado , 21 março 2020
Home / Educação / Fisioterapia Unifev – Projeto “Adote um Coração Amigo” movimenta as redes sociais

Powered by free wordpress themes

Fisioterapia Unifev – Projeto “Adote um Coração Amigo” movimenta as redes sociais

Votuporanga – O projeto de extensão “Adote um Coração Amigo”, promovido pelos alunos do 5º período do curso de Fisioterapia da UNIFEV, movimentou as redes sociais durante os últimos meses.

A iniciativa, que consistiu na avaliação e aplicação de um Programa de Reabilitação Cardiovascular Preventiva junto aos familiares e amigos dos estudantes da graduação, foi amplamente divulgada pelos participantes, em suas páginas pessoais doFacebook e Instagram.

De acordo com o docente responsável pelo projeto, Prof. Me. Ricardo Aparecido Lúcio Martins, cada aluno ficou responsável pelo desenvolvimento de uma série de exercícios aeróbicos com o seu paciente, duas vezes por semana.

“Foi estipulada a realização de 10 encontros, no mínimo. Os estudantes aplicaram as atividades físicas adaptadas para cada caso, a partir dos conteúdos trabalhados durante a disciplina de Fisiologia do Exercício”, explicou.

O resultado da iniciativa foi apresentado pelo docente e pelos alunos na noite da última segunda-feira (dia 12), na Quadra Poliesportiva do Campus Centro. Na oportunidade, os pacientes participaram de uma avaliação final, por meio do teste ergométrico.

Segundo Martins, o resultado do projeto foi muito positivo. “A maioria dos participantes sofre de doenças associadas, como hipertensão, diabetes e sedentarismo. Sem dúvidas, foram observadas mudanças significativas no condicionamento físico e cardiovascular deles, tais como perda de peso, redução do uso de medicamentos, aumento da autoestima e melhora do sono, além da correção de hábitos alimentares”, afirmou.

A aluna Kassandra Domingos Oliveira, 21 anos, também ficou muito feliz com o resultado. Ela participou do projeto juntamente com a sua mãe, Cleonice Maria Domingos, de 48 anos. “A iniciativa estimulou, de fato, a prática de atividades mais saudáveis. Minha mãe sentia muita fadiga e sofria de dor muscular. Com os exercícios, pude observar um grande avanço. As dores e o cansaço dela diminuíram consideravelmente. Pequenas mudanças podem fazer a diferença”.

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Cursos da UNIFEV promoverão atendimentos em parceria com Programa Saúde na Estrada

Ações serão realizadas pelas graduações da área da Saúde; iniciativa da Ipiranga Rodo Rede será …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + dois =