Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

quinta-feira , 19 março 2020
Home / Polícia / Polícia Federal investiga recursos federais destinados à área social na região de Jales

Powered by free wordpress themes

Polícia Federal investiga recursos federais destinados à área social na região de Jales

Jales – A Polícia Federal de Jales (SP) investiga desvios de recursos federais do Programa de Atenção Integral à Família (PAIF), durante operação deflagrada na manhã desta quinta-feira (1º).
Cerca de 50 policiais federais cumprem 11 mandados de busca e apreensão, sendo um em Urânia, sete em Jales, um em Mira Estrela, um em Fernandópolis e um Santa Fé do Sul, que foram expedidos pela Justiça Federal de Jales.
As investigações da operação, denominada “Arranjo”, tiveram início no começo deste ano após a PF saber que licitações e pagamentos suspeitos eram feitos com recursos federais do PAIF, destinados à Secretaria de Ação Social de Urânia.
As investigações apontaram que houve “fatiamento” nas licitações de cursos e palestras entre determinadas empresas, já que não havia disputa nas licitações, mas um arranjo entre as empresas, segundo a PF. A polícia diz que também há fortes indícios de que vários cursos não foram realizados, embora os valores tenham sido integralmente pagos.
Ainda segundo a PF, notas fiscais suspeitas de serem frias totalizam R$ 300 mil, que foram pagos com recursos públicos da área social destinados ao PAIF somente em Urânia.
Os mandados são cumpridos nas sedes das empresas envolvidas e nas casas dos seus proprietários, servidores e outros investigados.
Há dois meses, a PF de Jales deflagrou a Operação Repartição, que investigou e prendeu o ex-prefeito e outros quatro ex-assessores de Urânia. O ex-prefeito preso também administrava Urânia à época dos pagamentos e licitações suspeitas relativas aos pagamentos com recursos do PAIF.
Os investigados serão indiciados pelos crimes de peculato, associação criminosa e fraude em licitação. Todo o material recolhido pelos federais será analisado na sede da Polícia Federal de Jales para que sejam feitos cruzamentos para confirmação de informações e identificação de outros possíveis delitos cometidos pelas empresas investigadas em outras cidades.

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Força Tática da PM detém dupla com tijolo de maconha na avenida Pansani

Policiais militares de Votuporanga prenderam dois traficantes – um de 16 e outro de 18 …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 1 =