Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

terça-feira , 17 março 2020
Home / Destaque / Votuporanguense e Capivariano empatam pelo placar de 1 a 1 na Arena Plínio Marin

Powered by free wordpress themes

Votuporanguense e Capivariano empatam pelo placar de 1 a 1 na Arena Plínio Marin

Votuporanga – Bill, no fim do primeiro tempo, e Douglas, na etapa final, marcaram os gols do empate entre CAV e Capivariano neste sábado (15), na Arena Plínio Marin. O resultado mantém o Capivariano na zona do rebaixamento, em 17º, com 19 pontos. Para não ser rebaixado já nesta rodada, o Leão precisa torcer para que Velo Clube e Barretos não vençam.

Precisando da vitória para manter o sonho da permanência na Série A2 vivo, o Capivariano não ficou esperando o Votuporanguense no campo de defesa. O Leão da Sorocabana foi ao ataque para buscar a vitória na Arena Plínio Marin, mas esbarrava na forte marcação do CAV, que tentava explorar o contra-ataque.

Tanto que a primeira boa oportunidade no primeiro tempo foi do Votuporanguense, mas Oliveira fez boa defesa para salvar o Capivariano. Os dois times se estudaram bastante na etapa inicial, dando pouco trabalho aos goleiros. Tanto que, tirando a defesa inicial de Oliveira, o arqueiro Ygor Vinhas, do Leão, fez uma boa defesa no fim do primeiro tempo.

E depois da defesa de Ygor, o Capivariano abriu o placar. Aos 50 minutos, Bill recebeu a bola na área e, livre de marcação, bateu forte no canto direito. Oliveira não pôde fazer nada para salvar o CAV.

Na volta do intervalo, o Votuporanguense entrou mais ligado e quase empatou logo no primeiro minuto. Anderson Cavalo cabeceou forte, no canto, mas Ygor Vinhas se esticou todo para fazer boa defesa. O cenário da etapa final foi praticamente de ataque contra defesa.

Com mais posse de bola e controle da partida, o CAV não conseguia furar a retranca do Capivariano. Afinal, o resultado positivo mantinha o Leão com chances de evitar o rebaixamento na última rodada. Com todos os onze jogadores no setor defensivo, o Capivariano abriu mão de atacar e viu o Votuporanguense dominar a etapa final.

O técnico Gilberto Pereira tentou mexer no Votuporanguense colocando mais um atacante, mas não deu certo. Bastante recuado, Picoli abriu mão de um atacante para fechar ainda mais o Capivariano, que não estava preocupado em ampliar o placar. Depois de tanto chamar o Votuporanguense para cima, o Leão foi castigado.

Aos 39 minutos, Douglas aproveitou o cruzamento na área para deixar tudo igual. De cabeça, ele colocou no contra pé do goleiro Ygor Vinhas, que não conseguiu defender. O Capivariano até buscou o gol da vitória nos minutos finais, mas teve que se contentar com o resultado que praticamente o rebaixa à Série A3.

A última rodada da Série A2 do Campeonato Paulista será inteira disputada no próximo domingo, às 16 horas. O Votuporanguense vai até Bragança Paulista para enfrentar o Bragantino, no estádio Nabi Abi Chedid. Já o Capivariano joga em casa, na Arena Capivari, contra o União Barbarense.

 

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

UNIFEV supera expectativa e apresenta crescimento de mais de 24% em ingressantes

Na contramão da crise, Instituição comemora resultados positivos neste início de ano e investe em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 1 =