Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

sexta-feira , 20 março 2020
Home / Cidades / Estudante de enfermagem tem morte misteriosa no Hospital de Base de Rio Preto

Powered by free wordpress themes

Estudante de enfermagem tem morte misteriosa no Hospital de Base de Rio Preto

São José do Rio Preto – Morreu no Hospital de Base, em Rio Preto, na noite deste sábado, 8, Núria Fagundes de Souza, estudante de enfermagem de 21 anos. A jovem morava, estudava e trabalhava em Santa Fé do Sul. O exame que apontará as causas da morte foi feito pelo Serviço de Verificação de Óbito (SVO). Núria não apresentava problemas de saúde.

Na madrugada de sexta-feira, às 3h47, deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Fé do Sul com dores de cabeça, coriza nasal, calafrios, leve febre e início de infecção de garganta. Ela estava consciente e comunicativa e foi medicada com dipirona e decadron. Após 40 minutos, teve alta.

No outro dia, por volta das 10h50, voltou à UPA com vômitos. Segundo a Prefeitura de Santa Fé do Sul, amigos que estava com ela encaminharam a moça para a Santa Casa da cidade.

Por lá Núria chegou, segundo o hospital, com dores torácicas e vômito, e o quadro piorou às 16h, quando a Santa Casa pediu sua transferência para o Hospital de Base de Rio Preto. Às 18h, ainda em Santa Fé do Sul, perdeu a consciência e precisou ser sedada e entubada. Segundo o Hospital de Base, chegou a Rio Preto por volta das 5h do sábado em estado gravíssimo e foi direto para a UTI.

De acordo com a irmã de Núria, Nycole Fagundes de Souza, 24 anos, a jovem teve falência múltipla dos órgãos por conta de uma infecção generalizada e morreu por volta das 22h. A família não sabe o que causou a morte da estudante e aguarda os resultados de exames do Serviço de Verificação de Óbito (SVO), que devem sair em no máximo 120 dias. Nycole diz que a família foi informada que a equipe médica não sabia o que estava causando a infecção – bactéria ou vírus -, mas que a jovem estava recebendo o tratamento amplo no Hospital de Base.

Na declaração de óbito constam septicemia (infecção) e pneumonia. O corpo de Núria, que se tornaria enfermeira no próximo ano, foi velado e enterrado em Paranaíba (Mato Grosso do Sul), onde moram seus pais e irmã. Diário da Região – Millena Grigoleti

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

João Doria é recebido por deputado Carlão Pignatari na Assembleia Legislativa

O governador João Doria esteve na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × quatro =