Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

quarta-feira , 18 março 2020
Home / Destaque / Plano de Mobilidade Urbana de Votuporanga é discutido por lideranças em encontro

Powered by free wordpress themes

Plano de Mobilidade Urbana de Votuporanga é discutido por lideranças em encontro

Votuporanga – A Secretaria Municipal de Planejamento promoveu na última segunda-feira (3/4) a apresentação da segunda etapa para a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana de Votuporanga, que neste momento inclui a visão e leitura da comunidade diante da realidade para desenvolver estratégias relevantes e que interfiram positivamente para a melhoria no tráfego. Representantes da Comissão de Mobilidade Urbana, formada por diversos setores da comunidade foram convidados para o encontro realizado no auditório da Secretaria da Cidade.

Uma empresa foi contratada por meio de licitação em novembro de 2016 para o levantamento, diagnóstico e apontamentos necessários para a elaboração do plano. De lá para cá, estudos, pesquisas e avaliações estão sendo feitas, é o que explica o engenheiro da empresa Fábio Conn. “Na primeira etapa realizamos levantamento e diagnóstico de tudo relacionado a transporte e mobilidade em Votuporanga, a parte técnica da pesquisa. Nesta fase estamos fazendo a leitura comunitária, apresentando a percepção da população que é quem faz o uso diário dessa rede, aliada a avaliação dos técnicos. Este plano deve atender a lei 12.587/2012 que instituiu a Política Nacional de Mobilidade Urbana em todo país. A partir de 2018, o não cumprimento desta lei, impedirá os municípios não terão meios de captar recursos federais destinados a mobilidade”.

 

Para o engenheiro, neste processo de avaliação da rede de trânsito e mobilidade em Votuporanga não foram constatados grandes problemas. “Observamos falhas pontuais e diante delas, sugestões estão sendo incluídas no plano conforme recomendação do Ministério das Cidades, que valoriza os meios não motorizados e o uso do transporte coletivo”, conta.  Com população estimada em mais de 92 mil habitantes, o estudo apontou uma média de um veículo por habitante, com frota de 76.086 veículos, formada por automóveis, motocicletas, ônibus, caminhões entre outros. “Algumas propostas vão ser apresentadas, o que não significa que o município deve colocá-las em prática. Embora, o Plano de Mobilidade Urbana deve ser condizente com o Plano Diretor do município, que será atualizado ainda este ano. Além disso, a percepção de todos os setores deve ser levada em conta para a criação de uma proposta eficiente”, destaca Fábio.

 

Lei 12.587/ 2012

A mobilidade urbana garantida pela lei 12.587/ 2012 prevê um modelo para ser desenvolvido nas cidades envolvendo critérios importantes, de acessibilidade, cidades mais sustentáveis (privilegiar meios não motorizados), uso do transporte coletivo, fiscalizar rede de transporte coletivo, garantir segurança das pessoas nesses deslocamentos, educação no trânsito, estrutura das calçadas, instalação de ciclovias. Até 2018, os municípios precisam se adequar a esses critérios.

Na próxima semana será realizada uma audiência pública para apresentação e discussão da última etapa do Plano de Mobilidade Urbana. Data, horário e local ainda estão sendo definidos.

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

Fundo Social divulga Feirinha de Adoção Permanente pelo site da Prefeitura

Todos os dias, diversos animais são abandonados nas ruas, e buscando encontrar um lar para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 14 =