Powered by free wordpress themes

Powered by share market tutorial

sexta-feira , 20 março 2020
Home / Política / Antonio Carlos Francisco pede respeito aos suplentes

Powered by free wordpress themes

Antonio Carlos Francisco pede respeito aos suplentes

Votuporanga – Com um tom cordial e diplomático que marcaram sua vida dedicada às leis e ao desenvolvimento do Fórum de Votuporanga, o juiz aposentado e agora vereador Antônio Carlos Francisco fez na sessão de segunda-feira (30), seu primeiro discurso na tribuna da Câmara Municipal. De maneira serena, falou sobre o começo de atuação da Sexta Vara na Comarca. Ele também deu seu recado para aqueles que criticam os suplentes, que hoje ocupam, por merecimento, uma cadeira no Poder Legislativo.
Com bom humor, o vereador disse que foi cobrado pelo neto de cinco anos pelo fato de não ter ido à tribuna na primeira sessão ordinária. “Ficou esperando falar, assistindo a transmissão pela TV, e eu não falei. Em nome desse meu neto eu quero uma Votuporanga cada vez melhor, uma cidade próspera e desenvolvida. Por isso, me lancei como candidato. Sempre acompanhei o trabalho dos vereadores, sempre prestigiei a Câmara. Sempre vou apoiar as indicações dos colegas no sentido de desenvolver nossa cidade”, afirmou.
Francisco lembrou a conquista recente da Sexta Vara Judicial no Fórum de Votuporanga, que teve empenho especial do deputado estadual Carlos Pignatari. “Fico muito feliz em dizer que vamos ter em breve a nossa Sexta Vara instalada. Para ter sido criada, foi necessário ter a lei estadual aprovada. Devemos agradecer a atuação do nobre deputado Carlão, que muito trabalhou para que isso acontecesse. Entre os vários benefícios, a Sexta Vara vai aumentar o numero de profissionais contratados, o que é bom para nossa economia”, comentou.
O vereador também ressaltou que os chamados “suplentes”, casos dos vereadores Elcio Curti, Giba, Wartão e dele próprio, que assumiram após a convocação do prefeito Dado para que Emerson Pereira, Serginho da Farmácia, Douglas Lisboa e Gilmar Aurélio assumissem secretarias de governo, chegaram a essa condição pelo voto popular e agora, com o mandato assumido, são tão parlamentares quanto qualquer um da Casa de Leis. “Os vereadores suplentes são tão vereadores quanto os eleitos diretamente. Nós somos vereadores, somos titulares”, afirmou Antônio Carlos Francisco. A fala foi apoiada pelo colega Ali Hassan Wansa, que disse concordar com a a afirmação.

Sobre Gazeta Votuporanga

Além disso, verifique

“É uma vergonha o que estão fazendo com o IAMSPE”, dispara vereador Meidão

Da Assessoria Durante a 26ª sessão ordinária realizada nesta quarta-feira, de cinzas, os vereadores estiveram …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 4 =